reflexaoAGO18Um homem de verdade

Como um homem que viveu sem o pai, eu descobri que definir masculinidade é uma tarefa difícil. Eu não tinha ninguém por perto para me mostrar o que significava uma masculinidade saudável e verdadeira. A ausência do meu pai foi uma fonte de dor e tristeza, mas também acabou me levando a Deus para obter respostas, plenitude e filiação. Ele é o meu Pai fiel, meu Pai celestial.

Encontrar uma definição clara e precisa de masculinidade é mais difícil ainda quando olhamos para o mundo, ao invés de olhar para a Bíblia. Normalmente, não demora muito para que um garoto encontre uma imagem pornográfica, uma história explícita ou uma piada grosseira e inapropriada. Mesmo que seus pais o protejam de conteúdos impróprios na televisão e na internet, seus amigos vão repassar tudo o que veem e ouvem. O entendimento de um menino sobre sexualidade costuma ser distorcido muito cedo, o que impacta profundamente a sua visão de masculinidade.

A indústria do entretenimento também nos oferece diversas representações falhas de um homem de verdade, glorificando as atividades mulherengas de James Bond, a distância emocional e resistência aos sentimentos de Jason Bourne, e a obsessão por ganância, poder e controle de Gordon Gekko.

Como podemos entender o que a masculinidade realmente é quando ela está tão distorcida?

O Criador os homens

Quem melhor do que o Criador para nos dar uma definição verdadeira de masculinidade? Deus moldou o homem do barro. Com cuidado e intimidade, o criou de maneira distinta. Incorporou nele a Sua própria imagem. Em Gênesis 2, vemos como Ele definiu o propósito daquele único homem, antes da criação da mulher: o propósito do seu trabalho, a expansão da sua autoridade, os parâmetros da sua obediência e, até mesmo, seu desejo por uma esposa.

A masculinidade encontra a sua definição apenas em Deus – não no mundo, não na cultura, não no trabalho. É definida completamente pelo Deus que criou os homens.

O Deus-Homem

Mas o enredo não acaba aí. Lendo a história de Deus na Bíblia e procurando por representações ideais de homens entre os reis, pastores, profetas, guerreiros e líderes, parece que falta alguma coisa. O pecado danificou a imagem de um homem de verdade. Até que o próprio Deus invade o tempo e o espaço mais uma vez para nos dar um modelo. Seu Filho, Jesus, é a representação perfeita e divina de masculinidade. Ele é quem a define verdadeiramente. Seus atributos nos mostram como deve viver um homem fiel ao chamado do Pai, seja ele um líder, empregado, marido, pai ou filho.

1. Um homem de verdade reconhece a maior autoridade

“A outro disse: “Siga-me”. Mas o homem respondeu: “Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar meu pai”. Jesus lhe disse: “Deixe que os mortos sepultem os seus próprios mortos; você, porém, vá e proclame o Reino de Deus”. Ainda outro disse: “Vou seguir-te, Senhor, mas deixa-me primeiro voltar e despedir-me da minha família”. Jesus respondeu: “Ninguém que põe a mão no arado e olha para trás é apto para o Reino de Deus”.” Lucas 9.59-62

2. Valoriza o discipulado como uma prioridade

“Se alguém vem a mim e ama seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seus irmãos e irmãs e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo.” Lucas 14.26

3. Obedece alegre e determinadamente

“Daquela hora em diante, muitos dos seus discípulos voltaram atrás e deixaram de segui-lo. Jesus perguntou aos Doze: “Vocês também não querem ir?” Simão Pedro lhe respondeu: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna. Nós cremos e sabemos que és o Santo de Deus”.” João 6.66-69

4. É comprometido com a disciplina espiritual

“De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus levantou-se, saiu de casa e foi para um lugar deserto, onde ficou orando.” Marcos 1.35

5. Permanece na Palavra da Verdade

“Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: “Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”.” João 8.31-32

6. É comprometido com a produção e o crescimento de frutos espirituais

“Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos.” João 15.8

7. Carrega a missão de Deus

“Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos.” Mateus 28.19-20

8. Ama as pessoas com fidelidade

“Um novo mandamento dou a vocês: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros.” João 13.34-35

9. É comprometido com a comunhão e a comunidade

“E consideremos uns aos outros para nos incentivarmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia.” Hebreus 10.24-25

 

VinceMiller