comoOUT18

Como funciona a intercessão?

Vista e saiba como usar a armadura de Deus

A Comunidade da Graça tem um ministério muito forte de intercessão. De fato, Mulheres Intercessoras tem alcançado diversos lugares do Brasil comunicando a importância de que a igreja tenha uma vida ativa na batalha espiritual.

Há uma ideia falsa no cristianismo contemporâneo de que aqueles que oferecem oração intercessora por outras pessoas são uma classe especial de super-cristãos. A Bíblia deixa bem claro que todos os Cristãos são chamados para serem intercessores. Todos os Cristãos têm o Espírito Santo em seus corações e, da mesma forma como Ele intercede por nós de acordo com a vontade de Deus (Rm. 8.26-27), devemos interceder uns pelos outros. Não é um privilégio limitado a uma elite cristã ou apenas para mulheres; é um comando para todos.

Mas, mesmo sabendo estas coisas, muitos se perguntam como funciona a intercessão, o que acontece? Particularmente, tenho no meu coração que intercessão é o amor expressado de joelhos. O intercessor é aquele que faz a ligação entre a misericórdia de Deus e a necessidade humana. Ou seja, é alguém sensível à dor do outro. Pressupõe sofrer com os que sofrem, chorar com os que choram, se colocar no lugar do outro e se juntar à sua causa como se fosse a sua própria. É um ato de muita bravura e luta por parte de todos os fiéis que se auxiliam em amor e cuidado mútuo.

Interceder é combater. O intercessor é aquele que se volta ao inimigo e declara guerra contra os bloqueios, impedimentos e oposições. É aquele que busca de Deus as estratégias de batalha. É um soldado habilitado para salvar vidas, tirando-as das mãos do inimigo. O intercessor possui uma visão espiritual e se antecipa às investidas do diabo. Por isso o intercessor é chamado de guerreiro de oração, por combater e batalhar espiritualmente dentro das igrejas, dos lares ou de onde estiver.

O intercessor se coloca face a face com Deus e face a face com Satanás. Quanto mais intercede, mais ele verá a cara do inimigo. Haverá guerra, sim, mas o guerreiro será cada vez mais forte.

Aquele que intercede precisa lembrar que essa é uma luta cuja vitória já foi ganha na cruz do Calvário, há mais de dois mil anos atrás. Satanás não tem nenhuma autoridade e nem armas legítimas para lutar, diferentemente do intercessor, que vá a batalha revestido da armadura de Deus, como está escrito em Efésios 6.13-18. Mas, como usar esses elementos?

1. Cinto da Verdade:

Ele une a armadura. Jesus é a verdade e suas palavras verdadeiras estão escritas na Bíblia. Como usar: estude a Bíblia e creia na verdade (Jo. 14.6).

2. Couraça da Justiça:

A couraça protege seu coração. Quando você se arrepende de seus pecados e dedica sua vida a Jesus, ele apaga a injustiça do pecado do seu coração. Como usar: Arrependa-se de seus pecados e creia que Jesus lhe salvou. Viva em santidade.

3. Sapatos da Prontidão do Evangelho da Paz:

Os sapatos protegem os pés; o Evangelho da paz protege seu caminho. Como usar: Promova a paz em todas as situações.

4. Escudo da Fé:

O escudo protege das setas; a fé protege dos ataques do diabo. A fé lhe ajuda a se defender das acusações, das dúvidas, das tentações do diabo. Como usar: Na hora da dúvida e da tentação, escolha crer em Jesus. Fortaleça sua fé.

5. Capacete da Salvação:

O capacete protege a cabeça; a salvação protege os pensamentos. Jesus salva da escravidão do pecado. Você não precisa mais viver pensando em coisas ruins, que levam ao pecado. Como usar: Rejeite e repreenda os pensamentos errados.

6. Espada do Espírito:

A espada fere e defende do inimigo; a palavra de Deus destrói o inimigo. O Espírito Santo dá vida à palavra de Deus e lhe dá poder para derrotar o inimigo. Como usar: Combata as mentiras e as tentações declarando as verdades da Bíblia. Confie na palavra de Deus.

É muito importante que, ao interceder, o guerreiro não se impressione com o rugir do inimigo. Ele faz muito barulho, como se fosse um leão, mas não é. Jesus é o Leão da tribo de Judá, ele procura imitá-lo, mas só faz barulho.

Vista a armadura, vá para a luta, interceda pelas causas dos outros como se fossem próprias, e você colherá grandes frutos. A igreja testemunhará transformação e viverá um avivamento conduzido pelo Espírito Santo para alcançar e resgatar mais e mais pessoas para o Reino de Deus. Estamos juntos nessa batalha!

 

Leia também: Poder secreto - O Espírito Santo em ação na intercessão