donsJUN18

Dons à serviço da comunidade

Nossa história é escrita por Deus para servir as pessoas

A igreja é uma comunidade de serviço. O povo que foi curado pela graça de Deus, agora, também pela graça, busca servir e cuidar uns dos outros. Nesse compromisso com o serviço nem todos fazem a mesma coisa. Cada um serve de acordo com o dom que recebeu (Ef. 4.7-8).

Está claro que é o Espírito Santo que revela quem somos em Cristo Jesus e nos mostra, capacita e ensina a executar os planos de Deus. Ele já tem reservadas para cada um de nós obras que nos levarão a fazer a diferença no mundo (1Co. 12.7). Assim, a máxima contribuição que Deus planejou para nós está sintonizada com as paixões que Ele mesmo deu a cada um.

Por isso, identificar o que move – ou incendeia – nosso coração é essencial para poder liberar o grande potencial que existe dentro de nós. E esse potencial é para servir ao próximo.

Os dons espirituais são dádivas de Deus à igreja para a realização do ministério e a edificação dos cristãos. Não são talentos naturais, mas capacitações sobrenaturais. Não são alcançados por mérito, mas distribuídos pela graça. O Espírito dá a cada um conforme Sua vontade.

O chamado de Deus para nossas vidas, jamais será uma missão individual, dependendo apenas de um único dom (1Co. 12.27). Afinal, estamos ligados uns aos outros como membros do Corpo de Cristo (Rm. 12.4-5). Entretanto, identificar nosso dom, abre o caminho para cumprirmos o chamado de Deus (2Pe. 1.5-11) e nos faz compreender melhor a importância de pessoas que atuam em diferentes dons (1Co. 12.21-26).

A igreja de Deus não é uma feira de vaidades, mas é uma plataforma de serviço. Nenhum membro do corpo de Cristo ficou sem dons e nenhum recebeu todos os dons. Assim, cientes de que dependemos uns dos outros, podemos suprir as necessidades dos membros do corpo. Quando investimos nossa vida, recursos e dons para socorrer os aflitos, fortalecer os fracos, instruir os neófitos, ajudar os necessitados e encorajar os santos, o nome de Deus é exaltado, o mundo é impactado e a igreja é edificada.

Assim, descobrir e realizar o propósito no Reino significa descobrir como Deus quer que ministremos – sirvamos – uns aos outros. Contudo, compreender sem experimentar é como ver os presentes embaixo da árvore de Natal sem abri-los. Descobrir seus dons ajudará você a ver que é uma obra-prima criada por Deus e que, por isso, pode viver de maneira significativa servindo outras pessoas.

Existem duas maneiras de descobrir seus dons: (1) examinar quais dons você acha que tem e, então, (2) servir em várias áreas com o objetivo de ver quais lhe trazem maior realização e os melhores resultados para Deus. Enquanto não estiver efetivamente envolvido em servir, não descobrirá sua aptidão.

Segundo Romanos 12.6-8; 1 Coríntios 12.8-10 e 12.28; Efésios 4.11 e 1 Pedro 4.9-10, podemos identificar os seguintes dons:

Captura de Tela 2018 06 06 às 11.47.24

Maturidade Cristã, material do Trilho de Treinamento da Comunidade da Graça, oferece ferramentas para poder conhecer mais sobre este assunto. Procure saber mais a respeito de seus dons, envolva-se em diversas áreas para exercê-los, observe como você se sente ao colocá-los em prática, avalie os resultados e observe os testemunhos. Mas, acima de todas as coisas, procure ter um relacionamento sério com o Espírito Santo. É Ele quem dá os dons, é Ele quem, sensível às necessidades do corpo, procura usar os que estão disponíveis para servir para atender a cada um.

Precisamos, incessantemente, procurar pelo Espírito Santo. Só assim, como Paulo escreve em Efésios, equipados com os dons que Ele nos dá, contribuiremos para a “unidade do Espírito pelo vínculo da paz”, edificaremos o “Corpo de Cristo” ajudando as pessoas a crescer e atingir “a medida da plenitude de Cristo”, fazendo aumentar o número de cristãos maduros que já não são “jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina”, aprendendo a dar e receber “a verdade em amor” e valorizando outros irmãos à medida que o trabalho conjunto torna o corpo “ajustado e unido”. Nossa história é escrita por Deus para servir as pessoas.

 

Leia também: Vocação e chamado