deustefezassim02

Deus te fez assim

Aprendendo a usar o nosso temperamento para a glória de Deus

“Você fala demais”, “você é quieta demais”, “nossa, como você é direta”, “será que você poderia ser menos alegre de manhã?”. Algumas de Box deustefezassimnós já ouvimos frases como essas, falando sobre nossas características e reações. Somos diferentes umas das outras e certas coisas falam mais alto em nossa personalidade. Isso tudo é por causa do nosso temperamento.

No dicionário, a definição diz: “conjunto das disposições orgânicas de um indivíduo, qualidade predominante no organismo, caráter, constituição moral, gênio, índole”. É diferente de humor e não é passageiro. O temperamento fala muito sobre quem nós somos e como reagimos às situações e às outras pessoas. Ou seja, tudo o que fazemos é, de certa forma, influenciado por ele.

Mas, como é de se imaginar, nosso temperamento tem suas virtudes e também suas fraquezas. E é aí que encontramos algumas dificuldades. Talvez você quisesse ser mais delicada, menos espalhafatosa, ou até mais extrovertida. Talvez, você não quisesse soar tão grosseira e direta quando fala. E quando pensamos nessas coisas, fica um pouco mais difícil amar quem nós somos.

Cada detalhe da nossa personalidade, cada característica nossa foi especialmente formada pelo Senhor. Em Salmos 139.14, o rei Davi afirma:

“Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção.”

Somos criação de Deus e Ele nos formou de uma maneira especial e única. Quando cremos nessa verdade, conseguimos viver a plenitude da vida que Ele preparou para nós.

Então, para alcançar essa vida plena, antes de tudo, precisamos saber quem somos. Existe uma diferença entre a pessoa que somos e a pessoa que queremos ser. Pare por um momento e pense em cada uma das suas características – as que você acha boas e as que parecem meio ruins. Quem é você de verdade? O processo de autoconhecimento só pode acontecer quando temos um relacionamento com Deus. Quando conhecemos profundamente o nosso Pai de amor, Ele abre os nossos olhos e nos mostra quem somos.

Assim, com plena consciência das nossas qualidades e defeitos, fica mais fácil entender o que ainda precisa ser moldado em nós. O Espírito Santo nos ajuda com as fraquezas do nosso temperamento e faz delas características que podem abençoar outras pessoas.

Jesus nos ensinou, quando falava sobre o mandamento mais importante – amar a Deus acima de todas as coisas – que também é essencial amar nosso próximo como a nós mesmos (Mt. 22.37-40). Enquanto não entendermos quem somos em Cristo, não seremos capazes de aceitar nosso temperamento e nem de colocar as outras pessoas em primeiro lugar.

Muitas vezes, sentimos dificuldade em aceitar as pessoas como elas são e não conseguimos entender o porquê. A raiz está em nós, em sabermos aceitar a nós mesmas.

Da mesma maneira que um relacionamento com Deus nos revela quem nós realmente somos, a convivência em uma comunidade de amor também o faz. Quando estamos no ambiente da célula, cercadas por pessoas que enfrentam diversas dificuldades, fica mais fácil entender que tudo bem se não formos as mulheres perfeitas que desejávamos tanto ser. Nossas amigas também podem nos ajudar sendo sinceras conosco, mostrando qualidades e defeitos que, muitas vezes, não conseguimos enxergar.

É momento de abrir o nosso coração. Fomos criadas para a glória de Deus e, como vasos nas mãos do oleiro, somos moldadas para cumprir a Sua vontade. Você quer viver uma vida plena, equilibrada e que ama de todo o coração? Seja sincera com relação a quem você é! Deixe que o Senhor te ensine a valorizar o temperamento que Ele te deu e que os seus relacionamentos com as outras pessoas te ajudem nesse processo.

“Estou convencido de que aquele que começou a boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus”, disse o apóstolo Paulo em Filpenses 1.6.

Deus já começou a boa obra em nós e é nossa escolha deixar que Ele a complete. Creia que você foi criada de modo especial e maravilhoso e que há um propósito para você. O Senhor tem uma vida plena e equilibrada para te oferecer, é só deixar que Ele te molde e te use de acordo com a Sua vontade. Você está pronta para aceitar?

 

SuelyBezerra