umolharNOV18

Um olhar de compaixão

Como uma imagem pode transformar uma família

Ao longo de todo o ano, temos conhecido histórias de pessoas que foram transformadas pelo amor. Que tiveram suas famílias restauradas, que encontraram novas oportunidades, que foram libertas, que experimentaram de cura e de um novo começo. Esse é o poder do amor de Deus por nós. Ele nos alcança e nos acolhe. Nos restaura e nos faz renascer. Nos mostra que somos vistos pelos olhos de um Pai de amor e que somos muito mais preciosos e importantes do que pensamos.

Isso muda a nossa maneira de olharmos para nós mesmos. Nos muda de dentro para fora. Sabendo da importância desse olhar, a Fundação Comunidade da Graça, já há oito anos, tem se comprometido a mudar o olhar das pessoas com relação a elas mesmas e a suas famílias.

O Click Compaixão não é só um dia para se tirar uma foto que vai para a estante da família. É um dia de, em meio a momentos tão desafiadores da vida, lembrar as pessoas de que elas foram criadas por um Deus de amor, de que elas são amadas e nada pode mudar isso. Essa é uma imagem que se grava no coração.

Para Paula Sales, coordenadora do projeto, o Click Compaixão “traz a proposta de fortalecimento dos vínculos no contexto de famílias em vulnerabilidade social, através das lentes de um profissional de fotografia. Ele reforça a importância da família e dos laços familiares registrados em uma foto impressa, o que, nos dias de hoje, já é um resgate”.

umolharNOV18Cada família é recebida por uma equipe de voluntários que cuidam do cabelo e da maquiagem das mães e das meninas, e por outra equipe que faz recreação com as crianças. Segundo Paula, isso tudo é um esforço para trabalhar na autoestima de cada pessoa atendida, trazendo de volta o sentimento de valorização, pertencimento e de importância.

O mais incrível é que esse trabalho não atinge somente as famílias que recebem as fotos, mas todos os que também estão trabalhando voluntariamente. “Paralelamente, há um engajamento social por parte dos profissionais de fotografia por exemplo, que, muitas vezes, não se veem como agentes de transformação na vida do outro”, comenta Paula.

Neste ano, o Click Compaixão foi realizado no dia 29 de setembro e abençoou as mais de 100 famílias atendidas pelo programa CCA – Centro para Crianças e Adolescentes. O deputado estadual Carlos Bezerra Jr. e a vereadora Patrícia Bezerra, idealizadores do projeto, também participaram do evento, assim como nos outros anos.

Patrícia comemorou a realização da oitava edição: “É com muita alegria que o Click Compaixão completa oito anos, cada vez mais bonito, mais envolvente... construindo uma história dentro das histórias de muitas famílias. Isso é gratificante”. Já Carlos Bezerra Jr. relembrou o começo de tudo: “Amor e doação resumem bem o clima e o propósito do Click Compaixão. O que a gente costumava chamar no passado de “Retrato de Família” é eternizado pelo trabalho de fotógrafos voluntários, de maquiadores, cabeleireiros e tanta gente que doa tempo e aquilo que sabe fazer para tornar o click de crianças e suas famílias o melhor momento”.

O Click Compaixão acontece todos os anos e eterniza momentos de centenas de famílias. É o amor em forma de fotografia transformando vidas e abençoando pessoas.

Se você quer fazer parte desse projeto ou de qualquer outro programa da FCG, basta entrar em contato através do site www.fcg.org.br.

 

umolhar2NOV18umolhar3NOV18umolhar4NOV18